sábado, 28 de dezembro de 2013

Evangélicos presos: traficantes patrocinavam baile funk gospel




Polícia prende passageiros de ônibus que voltava de um baile funk gospel organizado por traficantes evangélicos no Rio de Janeiro, o ônibus estava repleto de drogas e celulares roubados.

"Há cultos evangélicos antes e durante o baile na favela. Tem um pastor que faz as orações, tudo com a aprovação dos traficantes. Os celulares precisam ficar desligados. Vi muitas crianças que usam drogas. Tinhauma de uns oito anos drogada" - denuncia uma frequentadora do baile funk gospel.

Segundo outra passageira, de 18 anos, que teve o nome preservado, aparelhos de celular e filmadoras são proibidos na festa, por ordem dos traficantes. Ela contou que os criminosos andam pela comunidade com fuzis nas mãos apontando para o alto, mas não com objetivo de ameaçar os frequentadores. A intenção, de acordo com a jovem, é ostentar poder bélico.

FONTE: http://migre.me/hceAe

sábado, 23 de novembro de 2013

Pastor e bispo evangélicos são presos em motel acompanhados de garota adolescente com problemas mentais


VÍDEO DO CATVE.TV online (23/11/13) em:






Pastor e bispo evangélicos são presos em motel acompanhados de adolescente com problemas mentais 


Na última quinta-feira (14) um pastor e um bispo de uma
igreja evangélica foram detidos pela polícia em um motel na cidade
de Toledo (PR), acompanhado de uma adolescente de 17 anos,
frequentadora da igreja liderada pelos acusados. 

Segundo informações da Polícia Militar, os religiosos foram presos em flagrante depois que a PM foi acionada por um detetive particular,contratado por familiares de uma outra menor, que estavam desconfiados de que o bispo e o pastor também estavam cometendo abusos contra ela. Seguindo os religiosos, o detetive chamou a polícia, que confirmou a denúncia. 

Identificados como Ricardo Edmundo da Silva, 38 anos, bispo da Igreja Livro da Vida, e Lindenberger Assis de Souza, 40 anos, pastor da igreja, os suspeitos foram encaminhados à Polícia Civil, e responderão por estupro de vulnerável. 

Na delegacia, o pastor e o bispo afirmam que entraram no motel porque estavam sendo seguidos e negaram terem tido relações com a adolescente. Porém, ela confirmou ter sofrido abuso sexual. De acordo com o G1, conselheiros tutelares de Toledo informaram que esta não foi a primeira vez que a menor, que tem problemas mentais, saía com os religiosos.

– Ele (bispo) me pegou de moto em casa, por volta das 13h e viemos para Toledo e fomos até o supermercado e lá, o Linderberger veio de carro e fomos para o Motel, onde ficamos por uns 20 minutos até que a polícia e o Conselho Tutelar chegaram. 

Eu tive relacionamento com o Bispo Ricardo sim, mas com o Linderberger não, ele apenas me beijou, mas não na boca, no pescoço, me acariciou. Neste ano foi a terceira vez que nós nos relacionamos, eu era virgem e foi ele quem tirou a minha virgindade – declarou a menor, na presença da mãe e de uma conselheira tutelar. 

Um inquérito foi instaurado e a polícia apura os fatos. Há informações de que outras meninas, fiéis da igreja, tenham sido aliciadas pela dupla. 

Por Dan martins, para o
Gospel+

quarta-feira, 6 de novembro de 2013

Pastores pedófilos: uma estatística exponencial



Pastores pedófilos: uma estatística exponencial 




SP: Pastor evangélico acusado de estupro é preso após ser fotografado por uma de suas vítimas: http://noticias.gospelmais.com.br/




Cuiabá: Obreiro de igreja evangélica é preso acusado de coagir adolescentes evangélicas a posarem nuas para fotos: http://noticias.gospelmais.com.br/




RONDÔNIA: Pastor evangélico é preso em flagrante abusando sexualmente de menina de 14 anos que frequenta sua igreja: http://noticias.gospelmais.com.br/




Maranhão: Pastor é acusado de abuso sexual de menores; Vítimas seriam adolescentes frequentadores de sua igreja: http://noticias.gospelmais.com.br/




Missionário americano admite ter abusado de crianças no Amazonas: http://www.paulopes.com.br/




Polícia Federal apreende imagens de pornografia infantil em sede de ONG missionária no Amazonas: http://noticias.gospelmais.com.br/




MG: Pastor e diácono são presos sob acusação de estuprarem filhos de fiéis de suas igrejas. Meninos tem 12 e 14 anos: http://noticias.gospelmais.com.br/




Rio/Bangú: Pastor evangélico é preso acusado de estuprar fiel de 12 anos: http://extra.globo.com/




Paraná/Maringá, a cidade cristã: Pastor Evangélico estupra e toca fogo em menina de 10 anos - CUIDADO, IMAGENS FORTÍSSIMAS: http://www.tribunadebarras.com/




RJ: Cantor gospel é preso acusado de estuprar a própria filha: http://oglobo.globo.com/




RJ: pastor evangélico é preso acusado de estuprar menina de 13 anos: http://noticias.terra.com.br/




VÍDEO: Casal de pastores fazia sexo com adolescentes entre 12 e 17 anos: http://www.youtube.com/watch?v=PMW_Rln7atU




Sul: Pastor pega 9 anos de prisão por estupro de enteada em Arroio do Meio: http://www.gaz.com.br/




Goiás: Pastor é preso por abusar de menina a mando de Deus: http://www.paulopes.com.br/




Pastora evangélica mantinha criança indígena como escrava em Goiás: http://camaraempauta.com.br/.../termo/serviços+públicos




Pastor preso por estupro alega ter recebido ordens de Deus para abusar de menina de 13 anos: http://gazetaonline.globo.com/




Policia prende missionário que abusava sexualmente das filhas em Medianeira. Vítimas tinham idades entre 10 e 15 anos: http://www.guiamedianeira.com.br/




Pastor é preso por molestar sexualmente neta de 2 anos de um fiel: http://www.olancejornal.com.br/




Pastor é preso por suspeita de abuso sexual de jovens em rito: http://g1.globo.com/




Pastor evangélico é preso no interior de Goiás; Ele dizia que seu pênis era ‘abençoado’: http://www.pavablog.com/.../




Pastor é preso sob acusação de abusar de filha, enteada e cão: http://www.paulopes.com.br/




Pastor da Universal é preso enquanto transava com menina de 13 anos: http://escandalodagraca.blogspot.com.br/




Pastor simula sequestro de adolescente de 15 anos para esconder relacionamento amoroso http://noticias.gospelmais.com.br/




Preso pastor acusado de ejacular 'esperma de Deus' em obreiras: http://www.paulopes.com.br/




Polícia de SP prende pastor que estuprou garota a mando de Deus: http://www.paulopes.com.br/




Sergipe - polícia prende pastor acusado de estuprar três fiéis: http://www.paulopes.com.br/




Jovem em retiro acorda assutado: o pastor estava em sua cama: http://www.paulopes.com.br/




Pastor e e missionária acusados de estupro de sete meninas: http://www.paulopes.com.br/



Pastor que impedia maquiagem em fiéis é condenado por estupro: http://www.paulopes.com.br/





Não... não podemos jamais generalizar... DA MESMA FORMA QUE ELES TAMBÉM NÃO DEVEM JAMAIS LEVANTAR FALSO TESTEMUNHO CULPABILIZANDO OUTROS GRUPOS PELOS CRIMES QUE ELES PRATICAM. 




Quando foi a última vez que você leu uma notícia dizendo: Homossexuais abusam sexualmente de criança ou Homossexuais estupraram?????




É mais do que uma reflexão! É dizer a verdade para que a ignorância não seja a causa da propagação de uma discriminação sem fundamentos!!! Adriana Pasquinelli O preconceito é uma prova de inferioridade.




O combate ao preconceito é obrigação de todos!




Visite e curta: www.facebook.com/AcaoCidadaoDoBemCorrenteDoBem




Por um Brasil totalmente LAICO apoie essa ideia:http://www.avaaz.org/po/petition/Pelo_fim_das_candidaturas_de_lideres_religiosos_para_cargos_politicos_ou_publicos/?copy




A favor da PL 122, contra discriminação da homofobia, deficiência física e idosos: PL 122: http://www.avaaz.org/po/homofobia_nao/




Petição contra PEC 99/11: http://www.avaaz.org/po/petition/Impedir_que_a_Proposta_de_Emenda_a_Constituicao_PEC_9911_avance/?wqBWGd

quarta-feira, 2 de outubro de 2013

Mais um pastor evangélico abusando de menor

Pastor evangélico é preso em flagrante abusando sexualmente de menina de 14 anos que frequenta sua igreja


Pastor evangélico é preso em flagrante abusando sexualmente de menina de 14 anos que frequenta sua igreja
Na noite do último sábado (28) um pastor evangélico, identificado como Curtis A.L.G., de 47 anos, foi preso em flagrante nas proximidades do Aeroporto Internacional Governador Jorge Teixeira, em Porto Velho (RO) abusando sexualmente de uma adolescente de 14 anos.
O pastor, da igreja evangélica Água Viva de Porto Velho, foi preso em um Corsa Classic por uma guarnição do 1º BPM, que fazia ronda naquela região. De acordo com a polícia, o pastor tentou fugir do local ao perceber a presença da polícia, mas acabou capturado pelos policiais, que encontraram no interior do veículo uma menina de 14 anos, fiel da igreja do acusado.
Segundo os policiais, o pastor estava acariciando as partes íntimas da adolescente e a obrigando a lhe fazer sexo oral. A menina relatou ainda à PM que o pastor a levou para o local após lhe oferecer uma carona para casa, e desviar o caminho. Ela afirma ainda que ele prometeu a ela que se ninguém ficasse sabendo ela iria ganhar o que quisesse dele, e que podia “colocar sua amiga no lance”.
Detido, o pastor foi levado à Central de Flagrantes e, sem seguida, transferido ao presídio Urso Panda. De acordo com o Rondônia ao Vivo, o inquérito foi encaminhado ao DEPCA (Delegacia de Proteção a Criança e ao Adolescente), que cuidará do caso.

domingo, 15 de setembro de 2013

PASTOR MARCO PEREIRA CONDENADO

Fonte da ilustração: RENATO DA MATTA
Não constava no post original publicado abaixo.

A Justiça condenou em primeira instância o pastor Marcos Pereira a 15 anos de prisão por estupro de uma fiel da Assembleia de Deus dos Últimos Dias (ADUD).
O julgamento aconteceu na 2ª Vara Criminal de São João de Meriti, na Baixada Fluminense, e refere-se a um dos casos em que o pastor é acusado de abuso sexual. A decisão ainda é passível de recurso.
De acordo com os autos do processo, o estupro aconteceu no final de 2006, dentro da igreja. “A primeira vez que ele me pegou, eu levei um bom tempo até a ficha cair. Ele me pegou desprevenida. Eu tinha medo dele, né? Fiquei sem reação”, disse a vítima, segundo informações do jornal O Povo.
“As testemunhas ouvidas relatam com firmeza como o acusado é uma pessoa manipuladora, fria, só pensa em si, utilizando-se das pessoas para satisfazer seus instintos mais primitivos e de forma promíscua, utiliza da boa-fé das pessoas para enganá-las. Pelo exposto e por tudo que dos autos consta, julgo procedente a pretensão punitiva para condenar Marcos Pereira da Silva, como incurso nas penas dos art. 214 c/c art. 226, II, ambos do Código Penal”, afirmou a juíza Ana Helena Mota Lima Vale em sua sentença.
Uma das testemunhas afirmou em depoimento durante o julgamento que tinha medo de deixar a igreja e ser morta a mando do pastor.
Marcos Pereira está preso no Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, zona oeste do Rio de Janeiro, desde o dia 08 de maio sob acusação de estupro e coação de testemunhas.





E AGORA, FELICIANO E MAGNO MALTA??? 
VOCÊS QUE NÃO TIVERAM VERGONHA DE DEFENDER ESSE BANDIDO, VÃO FAZER O QUE COM A VERGONHA - SE É QUE VOCÊS TÊM - DE FICAR SEMPRE DO LADO ERRADO???

Pastor e diácono são presos sob acusação de estuprarem filhos de fiéis de suas igrejas

Pastor e diácono são presos sob acusação de estuprarem filhos de fiéis de suas igrejas

Dois líderes religiosos foram presos essa semana sob acusação de abuso sexual contra menores.
O primeiro caso foi o do diácono Sidinei Jonas Santiago, 24 anos, que se entregou à Polícia de Andradas, interior de Minas Gerais. O religioso era acusado de abusar sexualmente de dois garotos, de 12 e 14 anos de idade, que seriam seus vizinhos.
No depoimento à Polícia, Sidinei confessou o crime, que teria sido cometido durante um acampamento de carnaval e teria se repetido outras vezes. A reportagem do portal O Tempo não especificou a qual igreja o diácono pertence.
No segundo caso, o pastor Reinaldo Correia Caetano, 52 anos, líder de uma Assembleia de Deus em Campo Grande, no Rio de Janeiro, foi preso pela Polícia após ter sua prisão preventiva decretada. Ele estava foragido, e se escondia numa casa em Cabo Frio, na Região dos Lagos.
Caetano é acusado de estupro de vulnerável contra uma menina de 12 anos, filha de frequentadores da congregação que ele pastoreava. Os pais desconfiaram quando flagraram conversas com teor erótico entre sua filha e o acusado numa rede social.
Segundo G1, os pais perceberam que a menina recebia presentes mas não explicava a origem, eles a questionaram sobre o que estaria ocorrendo, e a menina admitiu ter mantido relações sexuais com o pastor.
Em seu depoimento, Caetano negou que tenha estuprado a garota, mas admitiu as conversas na rede social. O pastor, que já tinha passagem pela Polícia por estelionato, ficará preso enquanto as investigações sobre o caso estiverem em andamento.
Por Tiago Chagas, para o Gospel
+

domingo, 1 de setembro de 2013

Bancada evangélica se articulou para impedir cassação de Natan Donadon, pastor e deputado

Bancada evangélica se articulou para impedir cassação de Natan Donadon

O deputado-preso foi condenado pelo desvio de verbas públicas em Rondônia
por Leiliane Roberta Lopes

Bancada evangélica se articulou para impedir cassação de Natan DonadonBancada evangélica se articulou para impedir cassação de Natan Donadon
Condenado a 13 anos de prisão por peculato e formação de quadrilha, o deputado Natan Donadon (sem partido – RO) foi julgado na Câmara na última quarta-feira (28) no processo de cassação onde 233 deputados votaram a favor e 131 contra.
De acordo com o jornal O Estado de São Paulo a não cassação de Donadon aconteceu por uma articulação entre as bancadas evangélicas, do PT e do PMDB. Dos 513 deputados, 108 não participaram da votação e cassação não aconteceu por uma diferença de 24 votos.
Dos deputados presentes, 41 se abstiveram da votação que acabou beneficiando o deputado-preso desde 28 de junho em um presídio no Distrito Federal.
Ao saber da decisão da Câmara, Donadon, que é pastor evangélico, se ajoelhou no plenário e juntou as mãos em sinal de agradecimento a Deus. Antes que os deputados votassem, ele chegou a se declarar inocente dizendo em nome de Deus que nunca cometeu os crimes pelos quais foi condenado pelo Supremo Tribunal Federal.
“Não fiz pagamentos ilegais, não desviei um centavo, pelo amor de Deus, façam justiça senhores deputados!”, disse o ex-peemedebista. “Não sou ladrão, nunca roubei nada, é uma acusação injusta!”.
Com a decisão de não cassação, Natan Donadon ficará afastado do mandato durante todo o período que permanecer preso. A decisão partiu do presidente da Casa, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) que informou que durante este período o deputado-preso não terá qualquer benefício do Congresso, nem mesmo o salário de R$26,7 mil.
Além dessa decisão, Henrique Alves também decidiu que os próximos processos de cassação só serão realizados com voto aberto, onde os deputados falam abertamente se são a favor ou contra a cassação de condenados.
A decisão do caso de Donadon pode beneficiar três deputados que aguardam a decisão final do STF sobre o mensalão, eles são: João Paulo Cunha (PT-SP), Pedro Henry (PP-MT) e Valdemar Costa Neto (PR-SP) que não votaram nesta quarta.
Confira a lista dos deputados que não compareceram à votação:
Veja a lista dos deputados que não participaram da votação (ao lado dos nomes, “P” indica aqueles que estiveram presentes no plenário, e que mesmo assim não votaram):
DEM (6 não votaram, 21% da bancada)
Abelardo Lupion (PR)
Betinho Rosado (RN)
Claudio Cajado (BA) P
Eli Correa Filho (SP) P
Jorge Tadeu Mudalen (SP) P
Lira Maia (PA) P
PC do B (2 não votaram, 15% da bancada)
Alice Portugal (BA)
Jandira Feghali (RJ) P
PDT (3 não votaram, 12% da bancada)
Enio Bacci (RS) P
Giovani Cherini (RS) P
Giovanni Queiroz (PA) P
PMDB (15 não votaram, 19% da bancada)
Alceu Moreira (RS)
André Zacharow (PR) P
Arthur Oliveira Maia (BA)
Asdrubal Bentes (PA)
Carlos Bezerra (MT)
Darcísio Perondi (RS)
Eliseu Padilha (RS) P
Gabriel Chalita (SP) P
Genecias Noronha (CE) P
José Priante (PA) P
Leonardo Quintão (MG) P
Mário Feitoza (CE)
Newton Cardoso (MG) P
Renan Filho (AL)
PMN (1 não votou, 33% da bancada)
Jaqueline Roriz (DF) P
PP (14 não votaram, 37% da bancada)
Afonso Hamm (RS)
Beto Mansur (SP) P
Carlos Magno (RO)
Guilherme Mussi (SP)
José Linhares (CE) P
José Otávio Germano (RS) P
Luiz Fernando Faria (MG) P
Paulo Maluf (SP) P
Pedro Henry (MT)
Renato Molling (RS)
Renzo Braz (MG) P
Toninho Pinheiro (MG) P
Vilson Covatti (RS) P
Waldir Maranhao (MA)
PPS (2 não votaram, 18% da bancada)
Almeida Lima (SE)
Arnaldo Jardim (SP) P
PR (8 não votaram, 22% da bancada)
Bernardo Santana de Vasconcellos (MG)
Inocêncio Oliveira (PE)
Laércio Oliveira (SE)
Manuel Rosa Neca (RJ)
Valdemar Costa Neto (SP) P
Vicente Arruda (CE) P
Zé Vieira (MA)
Zoinho (RJ)
PRB (1 não votou, 10% da bancada)
Vilalba (PE)
PSB (6 não votaram, 24% da bancada)
Abelardo Camarinha (SP) P
Alexandre Roso (RS)
Antônio Balhmann (CE)
Beto Albuquerque (RS)
Paulo Foletto (ES) P
Sandra Rosado (RN)
PSC (2 não votaram, 13% da bancada)
Nelson Padovani (PR) P
Pastor Marco Feliciano (SP) P
PSD (12 não votaram, 27% da bancada)
Dr. Luiz Fernando (AM)
Edson Pimenta (BA) P
Eduardo Sciarra (PR) P
Eliene Lima (MT) P
Fernando Torres (BA)
Heuler Cruvinel (GO)
Homero Pereira (MT)
João Lyra (AL)
José Carlos Araújo (BA) P
Manoel Salviano (CE)
Marcos Montes (MG)
Sérgio Brito (BA) P
PSDB (6 não votaram, 12% da bancada)
Carlos Roberto (SP) P
Marco Tebaldi (SC) P
Marcus Pestana (MG)
Pinto Itamaraty (MA)
Sérgio Guerra (PE)
Vanderlei Macris (SP)
PT (21 não votaram, 24% da bancada)
Angelo Vanhoni (PR) P
Anselmo de Jesus (RO)
Artur Bruno (CE)
Beto Faro (PA) P
Biffi (MS) P
Bohn Gass (RS)
Iriny Lopes (ES) P
João Paulo Cunha (SP) P
José Genoino (SP)
Josias Gomes (BA)
Luiz Alberto (BA)
Marcon (RS)
Marina Santanna (GO) P
Miguel Corrêa (MG) P
Odair Cunha (MG) P
Pedro Eugênio (PE) P
Pedro Uczai (SC) P
Rogerio Carvalho (SE)
Ronaldo Zulke (RS)
Vicentinho (SP) P
Weliton Prado (MG)
PTB (2 não votaram, 11% da bancada)
Jovair Arantes (GO)
Sabino Castelo Branco (AM)
PTdoB (1 não votou, 33% da bancada)
Rosinha da Adefal (AL)
PV (1 não votou, 10% da bancada)
Eurico Junior (RJ) P
SEM PARTIDO (1 não votou)
Romário (RJ)

Marco Feliciano se justifica

Apesar de aparecer na lista dos que estavam presentes, mas não votaram, o deputado Marco Feliciano (PSC-SP) usou o Twitter para se justificar dizendo que no horário da votação ele não estava mais no plenário.
“Estou nos EUA. Viagem marcada há dois meses. Fiquei ontem [quarta-feira, 28] no plenário até as 19:30h. As 20:00h já estava no aeroporto. Desde as 16:00h já havia quorum para votação, mas não colocaram nada em votação até o horário em que pude ficar lá [...] A votação de Cassação iniciou as 20:30h. As 20:39h eu já havia embarcado. Por este motivo não participei da votação.”
Feliciano está nos Estados Unidos para falar com líderes da comunidade de língua portuguesa e representantes de imigrantes brasileiros que estão presos por estarem ilegalmente no país. Foi também pelo Twitter que o deputado esclareceu que sua viagem não está sendo paga com dinheiro público.
“Falarei aqui nos EUA a lideres da comunidade de língua portuguesa. Incluindo representantes de imigrantes brasileiros que estão presos. Quando assumi a CDMH falei que lutaria pelos direitos das centenas de brasileiros que estão presos aqui nos EUA por estarem ilegais. Levarei o relatório da viagem e apresentarei à CDHM na próxima semana. E a viagem toda está sendo custeada pelos lideres que me convidaram.”
FONTE: GOSPEL PRIME ONLINE EM 01/09/13

Zona Norte do Rio: Tráfico trabalhando para os pastores?


Coluna do jornalista Ancelmo Gois no Jornal 'O Globo' de 01/09/2013


Precisa-se dizer mais?

Polícia e Promotoria do Estado, como fica?

Investigação e aplicação das leis contra esses bandidos e seus mandantes.

NATAN DONADON: O deputado presidiário

Natan Donadon - fonte: Tirinhas e Cartazes LGBT

Após fazer discurso a "favor da família, moral e bons costumes", deputado e presidiário Natan Donadon agradece a Deus após não ser cassado pelo roubo de R$ 8,4 milhões dos cofres públicos. No ano que vem, vários 'Donadons' serão eleitos e reeleitos com o mesmo discurso. Já passou da hora das pessoas acordarem.  

(Fonte: Brasil contra a Universal - Facebook)

LEIA A MATÉRIA DO G1 SOBRE O ASSUNTO:

domingo, 25 de agosto de 2013

Pastor é denunciado pelo Ministério Público

Foto meramente ilustrativa: fonte Internet


21/08/2013

Segundo denúncia, a van do suspeito foi apreendida por agentes da PM por mau estado. Cinco dias depois, ele foi ao batalhão com um termo de liberação falsificado

A 4ª Promotoria de Justiça de Investigação Penal da 2ª Central de Inquéritos em Niterói denunciou Alexandre Correia dos Santos e Cláudio Ribeiro por uso de documento público falso. 
Segundo a denúncia, no dia 3 de agosto de 2006, a van de Alexandre foi apreendida por agentes da Polícia Militar por mau estado de conservação e levada para o pátio do 12º BPM, no Centro de Niterói. 
Cinco dias depois da apreensão do veículo, ainda segundo o Ministério Público, ele foi ao batalhão com um termo de liberação falsificado, supostamente emitido pelo Departamento de Transportes Rodoviários do Estado do Rio de Janeiro (Detro-RJ), para tentar retirar o veículo. 
O documento falso foi fornecido – de acordo com a denúncia - por Cláudio, que é pastor evangélico e presidente do Conselho Estadual de Pastores Evangélicos do Estado do Rio de Janeiro. 
Ainda de acordo com a denúncia, Cláudio tem anotações criminais por crimes de estelionato e falsidade documental. 
As penas podem chegar a seis anos de reclusão. O Ministério Público, no entanto, pediu uma pena mais elevada, uma vez que os denunciados apresentaram o documento falso no interior do 12º BPM para um policial militar, o que, para a Promotoria, “demonstra uma postura audaciosa e maior sensação de impunidade”.
A reportagem procurou os dois acusados, mas até o fechamento desta edição eles não foram localizados para comentar a denúncia do Ministério Público.

O FLUMINENSE

Pastor é preso por tráfico de drogas em Itajaí

Pastor é preso por tráfico de drogas em Itajaí


Um pastor foi preso em Itajaí na noite de terça-feira (20) por tráfico de drogas. A polícia chegou a ele após uma denúncia de que ele estaria vendendo drogas em um bar. Na casa dele foram encontrados mais de 1kg de cocaína, comprimidos de ecstasy e uma arma de fogo.

Pastor da Maranata é solto após 55 dias

Pastor da Maranata é solto após 55 dias

de prisão em Vitória






Carlos Itamar e outras 18 pessoas ligadas à igreja são investigados.
Entre os crimes estão estelionato, formação de quadrilha.

Murilo CuzzuolDo G1 ES, com informações da TV Gazeta

Após 55 dias de prisão, o pastor Carlos Itamar Coelho Pimenta, da Igreja Cristã Maranata, foi solto na madrugada deste domingo (18). Ele estava detido no Quartel do Comando Geral da Polícia Militar, no bairro Maruípe em Vitória, capital do Espírito Santo.
Presbitério da Igreja Cristã Maranata.
(Foto: Leandro Nossa / G1 ES)
Itamar e outras 18 pessoas ligadas à igreja, entre eles o líder da Maranata, o pastor Gedelti Gueiros, foram denunciados pelo Ministério Público Estadual pelos crimes de estelionato, formação de quadrilha e ainda emissão de nota fiscal falsa. 
Além disso, ainda de acordo com o MPES, Carlos Itamar também é acusado de coação de testemunhas das investigações contra a cúpula da instituição religiosa.
Segundo o Ministério Público, o grupo teria desviado cerca de R$ 30 milhões dos dos cofres da Maranata, do dinheiro recolhido do dízimo dos fiéis.

terça-feira, 20 de agosto de 2013

Cantor gospel é preso acusado de estuprar a própria filha

19/08/2013 - 13:44

Cantor gospel é preso acusado de estuprar a própria filha

Extra

O cantor gospel Marcelo Galdino Cordeiro, conhecido como Marcelo Terrinha, foi preso por policiais da 61ª DP (Xerém). Ele é acusado de estuprar a filha, durante visitas que fazia a ela, e depois forçar a jovem a se ajoelhar e pedir perdão a Deus. Marcelo foi capturado na cidade Lauro de Freitas, na Bahia, após investigações.
De acordo com o delegado-titular da 61ª DP, Mário Arruda, a vítima prestou depoimento e contou que os abusos aconteciam quando ela ia a São Paulo visitar o pai e nas visitas dele a ela, no Rio de Janeiro.



Marcelo Terrinha: foto não constava no artigo do Extra



sexta-feira, 16 de agosto de 2013

Suposto pastor é preso suspeito de abusar sexualmente de adolescente em Aracruz

Suposto pastor é preso suspeito de abusar sexualmente de adolescente em Aracruz
TV Vitória
Redação Folha Vitória


5/6/2013 às 20h5 - Atualizado em 5/6/2013 às 20h5

Fonte: http://www.folhavitoria.com.br/policia/noticia/2013/06/suposto-pastor-e-preso-suspeito-de-abusar-sexualmente-de-adolescente-em-aracruz.html

Um suposto pastor foi preso em flagrante por abusar sexualmente de uma adolescente de 13 anos na região de Barra do Riacho, em Aracruz. O homem de 43 anos se dizia pastor da igreja evangélica que a família da vítima frequenta.
O suspeito foi à casa da jovem quando os pais não estavam, dizendo que precisava orar por ela em um quarto separado. Segundo a polícia, ele pediu que a menina baixasse a blusa e deitasse na cama. O homem desistiu de continuar o abuso quando a vítima começou a chorar.
Um parente avisou o que aconteceu à mãe da garota, que chamou a polícia. De acordo com o delegado Vitor Alano Alves, o homem confessou que essa era uma forma de curar a vítima de um câncer que teria sido revelado durante a oração. Ele falou ainda que fez o ato a mando de Deus.
O suspeito foi autuado em flagrante pelo crime de estupro de vulnerável e levado ao Centro de Detenção Provisória (CDP) de Aracruz. Se for condenado, ele poderá pegar uma pena de oito a 15 anos de prisão.

Coordenador do AfroReggae acusa pastor preso de estar por trás de incêndio no Alemão

Coordenador do AfroReggae acusa pastor preso de estar por trás de incêndio no Alemão

Advogado de Marcos Pereira da Silva diz que acusação não tem fundamento; polícia identificou suspeito, que teve o corpo queimado e está internado


16 de julho de 2013 | 16h 59


Marcelo Gomes - O Estado de S. Paulo
RIO - O coordenador do Grupo Cultural AfroReggae, José Júnior, acusou o pastor evangélico Marcos Pereira da Silva de estar por trás do incêndio que destruiu parcialmente um imóvel no Complexo do Alemão, na zona norte do Rio, no início da madrugada desta terça-feira, 16. No local seria inaugurado, no dia 5 de agosto, um alojamento da ONG para receber universitários de outras regiões do Rio ou do País que vão participar de um programa de intercâmbio social do AfroReggae. A redação do jornal comunitário Voz da Comunidade também funcionava no imóvel e foi atingida pelas chamas.


Veja também:

Incêndio destrói pousada do AfroReggae no Complexo do Alemão, no Rio


O religioso, líder da Assembleia de Deus dos Últimos Dias (ADUD), está preso desde 7 de maio, acusado de estuprar duas fiéis de sua igreja. Ele ainda é investigado pela Polícia Civil por homicídios e ligação com traficantes do Comando Vermelho, facção que dominava o conjunto de favelas até a pacificação. Antigos aliados, Júnior e Pereira romperam em fevereiro de 2012, após o ativista acusar o pastor publicamente de envolvimento com o tráfico e de orquestrar a onda de ataques que levou pânico aos cariocas em 2006. A defesa do pastor nega todas as acusações.


"Eu e o AfroReggae passamos a ter problemas desde que fiz aquelas acusações contra o pastor. As constantes ameaças contra alguns membros nossos; o ataque à UPP Vila Cruzeiro antes da corrida Desafio da Paz, em maio; e agora esse incêndio... nada disso é coincidência. Tudo faz parte de uma estratégia do pastor de nos atingir. Não tenho a menor dúvida de que, se aparecer droga em alguma unidade do AfroReggae ou se algum integrante for morto, é coisa do crime organizado, do qual o pastor faz parte", afirmou Júnior, no início da tarde desta terça-feira, antes de prestar depoimento na 22ª Delegacia de Polícia (Penha), que investiga o incêndio.


Advogado do religioso, Marcelo Patrício disse que as afirmações de Júnior não têm fundamento. "Somente na semana passada que o pastor passou a receber a visita da filha e da irmã. Como a gente não acreditava que ele ficaria muito tempo preso, elas demoraram a pedir a autorização para visitá-lo na cadeia. Até então, ele só recebia os advogados. O pastor não tem o dom da telepatia, e é impossível que ele tenha orquestrado esse incêndio. Daqui a pouco Júnior vai acusá-lo de ser o responsável pela derrubada do World Trade Center", ironizou Patrício, referindo-se aos ataques terroristas de 11 de setembro de 2011 nos Estados Unidos.


Suspeito identificado. Um homem identificado como Wagner Moraes da Silva, de 20 anos, teve 30% do corpo queimado no incêndio. Ele foi resgatado no local por bombeiros e levado ao Hospital Estadual Getúlio Vargas, na Penha, zona norte, onde continua na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) em observação. Seu estado de saúde é estável.


Informalmente, ele contou a investigadores da 22ª DP que entrou no imóvel por um basculante para apagar o incêndio, e acabou se queimando. "Esse incêndio está esquisito. O imóvel tem três andares, e só teve fogo no primeiro e no terceiro. Funcionários do AfroReggae dizem que ele não é funcionário da ONG e não o conhecem. Moradores da região dizem que ele não é de lá. Além disso, encontramos do lado de fora do imóvel televisão, cafeteira, e outros objetos que foram furtados da redação do jornal, que ficava no terceiro andar. Também achamos uma lata de combustível no local. Por isso achamos que o incêndio foi criminoso, e o rapaz ferido é o principal suspeito", explicou o delegado.


Reginaldo Guilherme disse ainda que vai investigar as denúncias de Júnior sobre o suposto envolvimento do pastor Marcos Pereira no episódio. "O ferido não tem antecedentes criminais. Precisamos descobrir se ele tem alguma ligação com o tráfico ou com o pastor, e também a motivação do incêndio. Se o objetivo era apenas furtar os objetos, por que ele não pegou as coisas e foi embora?"


O delegado vai aguardar Wagner Silva ter alta hospitalar para ouvi-lo formalmente no inquérito.


Twitter. O estudante Renê Silva Santos, de 19 anos, que fundou o Voz da Comunidadeem 2005, estava em casa quando recebeu uma ligação de um amigo que mora perto da redação do jornal dizendo que saía muita fumaça do local. "Saí correndo e quando cheguei os bombeiros já tinham acabado de apagar as chamas. Perdemos todo o material gráfico, como jornais, revistas e edições antigas, além de equipamentos, como ar condicionado, micro-ondas, ventiladores... Por sorte, os computadores e as câmeras do estúdio ficam guardados em nossas casas. Mas é muito triste", disse o jovem, que ganhou a redação em 2012, ao participar de um quadro do programa Caldeirão do Huck, da TV Globo.


O rapaz ganhou notoriedade ao transmitir em tempo real, por meio de redes sociais, a ocupação do Complexo do Alemão pelas forças de segurança, em novembro de 2010. Ele disse que já recebeu mensagens de diversas pessoas pelo Twitter querendo ajudar a reequipar a redação do jornal comunitário.

Igreja de pastor preso por estupro ganhou imóvel de R$ 8 milhões

Igreja de pastor preso por estupro ganhou imóvel de R$ 8 milhões
Religioso foi preso na noite de terça-feira, acusado de estuprar fiéis

Publicação: 10/05/2013 09:05 Atualização: 10/05/2013 10:21


PASTOR MARCOS PEREIRA 



Um luxuoso apartamento de frente para a Praia de Copacabana, na zona sul do Rio, que e
stá em nome da Assembleia de Deus dos Últimos Dias (ADUD), foi doado em 2009 por um fiel da igreja presidida pelo pastor Marcos Pereira da Silva, de 56 anos. O religioso foi preso na noite de terça-feira pela Polícia Civil, acusado de estuprar duas fiéis.De acordo com certidão do cartório do 5.º Ofício de Registro de Imóveis do Rio, à qual o Estado teve acesso, o apartamento foi doado pelo empresário francês Henri Bueno, de 78 anos. Na época, o imóvel foi avaliado em R$ 1,8 milhão. Hoje, segundo a Polícia Civil, o apartamento que ocupa um andar inteiro custa R$ 8 milhões.

Em depoimento, o empresário contou que decidiu doar o imóvel porque sua família - ex-mulher e quatro filhos - o abandonou quando ele começou a apresentar problemas de saúde por causa de problemas financeiros na década de 1990. Bueno disse que tem uma fábrica de roupas que já empregou mais de 3 mil funcionários. Contou também que quase foi à falência após o Plano Collor. Na ocasião, seus parentes tentaram interná-lo em uma clínica psiquiátrica contra sua vontade.

Por causa dos atritos com a família, Bueno contou que começou a ter crises de asma. Em 2004, por indicação de um amigo, passou a frequentar a ADUD, onde encontrou Silva e ficou curado da asma. Foi para se vingar da família que ele decidiu doar o apartamento à igreja. Ontem, o Estado não conseguiu contato com o empresário francês.

Lavagem de dinheiro

A Delegacia de Combate às Drogas (DCOD) está investigando o patrimônio de Silva e de sua igreja. O objetivo é saber se o religioso usa a ADUD para lavar dinheiro do tráfico de drogas.

Mais cinco prédios no Rio, Paraná e Maranhão estão em nome da igreja. Uma fazenda em Nova Iguaçu, usada supostamente para recuperar dependentes químicos, e o Passat branco que Silva dirigia quando foi preso também pertencem à ADUD.Preso. A Justiça do Rio negou ontem dois pedidos de liberdade a Silva ajuizados anteontem.